Para vencer no esporte, também tem que treinar a mente

Atleta e responsável pela empresa que organiza uma das provas mais desafiadoras do circuito brasileiro reflete sobre o papel da cabeça na superação física

Mente e corpo desalinhados: eis o principal motivo de desistências e fracassos em provas esportivas! Quanto mais imponente for o desafio, mais precisamos nos cuidar para não sofrer lesões nos treinos e maior deve ser o preparo para eventualidades. Eventualidades essas que são mais facilmente superadas por quem tem poder de resiliência.

Esse é um assunto tão vital no meio esportivo como em qualquer outro. É tão relevante que vimos a discussão alçar voo nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em que atletas de ponta desistiram do sonho da medalha por não estarem bem emocionalmente.

Hoje, é fundamental que os atletas, amadores ou profissionais, saibam que se preparar mentalmente é possível e desejável e entender que existem ferramentas para auxiliar nesse sentido. Elas podem ser tão decisivas quanto cumprir uma planilha de km antes de uma prova.