Os sinais menos conhecidos da ansiedade

A ansiedade pode se manifestar de várias maneiras. Só que alguns dos sintomas passam despercebidos. Saiba mais sobre eles

Preocupação excessiva e tensão intensa costumam marcar a ansiedade. “A pessoa nunca está no presente”, resume Ana Paula Carvalho, coordenadora da Liga de Depressão do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

Mas a verdade é que a ansiedade pode se manifestar de outras maneiras, que às vezes demoram a ser percebidas. Abaixo, listamos sinais menos conhecidos do quadro:

- Procrastinação

- Baixa autoestima

- Pessimismo

- Falta de concentração

Sintomas físicos da ansiedade

● Falta de ar (respiração curta)

● Sudorese

● Tremor nas mãos e lábios

● Taquicardia

● Distúrbios do sono

● Dor e queimação no estômago

Qual o melhor tratamento?

Embora a linha de tratamento dependa do tipo de ansiedade, a psicoterapia é comumente recomendada. As sessões podem perdurar por meses ou anos.

Em paralelo, o paciente pode receber remédios para amenizar as crises de ansiedade e torná-las menos frequentes. Só um médico consegue definir quando é necessário investir nos medicamentos, e em que momento abandoná-los. Nunca inicie ou suspenda esse tipo de tratamento por conta própria.

E repensar o estilo de vida é importante. Exercícios físicos, boas noites de sono, alimentação equilibrada e valorização de práticas relaxantes são medidas valiosas.